Quarta, 24 de Julho de 2024
31°

Tempo limpo

Brasiléia, AC

Segurança Acre

Polícia Civil do Acre conclui primeiro curso de Inteligência Artificial OSINT para agentes

Neste sábado, 6, a Polícia Civil do Acre (PCAC), por meio da Academia de Polícia (Acadepol), concluiu a primeira edição do curso de recurso de inte...

06/07/2024 às 16h42
Por: Redação DN Fonte: Secom Acre
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Acre
Foto: Reprodução/Secom Acre

Neste sábado, 6, a Polícia Civil do Acre (PCAC), por meio da Academia de Polícia (Acadepol), concluiu a primeira edição do curso de recurso de inteligência artificial OSINT (Open Source Intelligence), que significa Inteligência de Fonte Aberta em tradução livre. O curso, com duração de 20 horas/aula, capacitou 38 policiais civis da capital e do interior do estado.

Este curso representa um passo significativo na modernização e aprimoramento das habilidades investigativas, permitindo combater de forma mais eficaz as infrações no campo virtual. Foto: assessoria/ PCAC.
Este curso representa um passo significativo na modernização e aprimoramento das habilidades investigativas, permitindo combater de forma mais eficaz as infrações no campo virtual. Foto: assessoria/ PCAC.

A capacitação teve como foco a extração e o processamento de dados cibernéticos, um projeto desenvolvido pela direção geral da Polícia Civil do Acre em conjunto com a Acadepol. O objetivo é especializar os policiais civis para oferecer um melhor serviço à comunidade, considerando que o mundo atual é cada vez mais tecnológico e requer conhecimento técnico específico para manejar e extrair dados necessários na apuração de infrações criminais, que estão em constante evolução no campo virtual.

O delegado-geral da Polícia Civil do Acre, Henrique Maciel, destacou a importância do curso. “A capacitação dos nossos policiais em técnicas avançadas de inteligência artificial e cibernética é categórica para garantir a segurança e a eficácia das nossas operações. Este curso representa um passo significativo na modernização e aprimoramento das nossas habilidades investigativas, permitindo-nos combater de forma mais eficaz as infrações no campo virtual”, disse.

O objetivo é especializar os policiais civis para oferecer um melhor serviço à comunidade. Foto: assessoria/ PCAC.
O objetivo é especializar os policiais civis para oferecer um melhor serviço à comunidade. Foto: assessoria/ PCAC.

Para o diretor da Acadepol, Fabrizzio Sobreira, o objetivo dessa capacitação é fornecer aos policiais as ferramentas e o conhecimento necessários para enfrentar os desafios do mundo digital. “Com a crescente incidência de crimes cibernéticos, é essencial que nossa força policial esteja preparada para lidar com essas novas formas de criminalidade de maneira eficiente e eficaz”, enfatizou.

A Polícia Civil do Acre continuará investindo na formação e especialização de seus policiais para enfrentar os desafios impostos pela evolução tecnológica e assegurar uma atuação cada vez mais eficiente no combate ao crime.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Brasiléia, AC Atualizado às 11h01 - Fonte: ClimaTempo
31°
Tempo limpo

Mín. 20° Máx. 36°

Qui 37°C 19°C
Sex 38°C 20°C
Sáb 39°C 22°C
Dom 39°C 23°C
Seg 39°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias